quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

. Capitulo 1 - Piloto

- Pegarei seu sangue e matarei minha dor


Mystic Falls 
A enorme lua brilhante se mantia no céu acompanhada pelas estrelas, as árvores com suas folhagens verdes moviam-se lentamente dançando uma linda e harmoniosa sinfonia com o vento. Tudo parecia calmo, tudo parecia limpo como se derrepente todos os medos pudessem ser contidos apenas por fechar os olhos. Há muitos anos atrás aquele lugar havia sido palco de um massacre contra os vampiros que se encontravam na cidade matando inocentes e acabando com o sossego de milhares de família. Esses monstros sobrenaturais foram queimados em uma igreja que existia bem no meio da floresta, alguns desses vampiros tentando desesperadamente escapar das chamar vermelhas foram para uma tumba abaixo da superfície do local onde secaram por dentro, sua sede por sangue era infinita fazendo-os matar seus próprios companheiros para sobreviver. Visitantes iam até a cidade acreditando que aquilo tudo fosse apenas mais uma lenda sobre criaturas sobrenaturais e se arriscavam a noite entrando na enorme e confusa floresta podendo assim ouvir os gritos de desespero e tortura dos que ali ‘’morreram’’. 

- Tem certeza que é por aqui? – perguntou Karina para Patrick que apenas sorrio olhando um pequeno mapa em suas mãos. Coordenadas feitas por fundadores que tentavam atrair mais turista assim fazendo crescer a renda da cidade. 

- Só temos que caminhar mais alguns minutos e chegaremos ao meio da floresta onde era a tal igreja – respondeu por fim, fechando o mapa e pegando a mão de Karina. 

Um mar de nevoas negras começou a se formar ficando mais densa a cada passo que eles davam, ao longe podia se ouvir o latir de cachorro das casas mais próximas. Chegando ao seu destino depararam-se com algumas partes da igreja caídas no chão sendo invadidas por gramas em seu lado, o senário era deplorável, ainda mais a noite. Eles se aproximaram rapidamente passando as mãos pelo escombro. 

- É lindo aqui – comentou Patrick maravilhado com o lugar. 

- É excitante – disse Karina se aproximando de seu namorado, colocando suas mãos em seu ombro. 

- Serio? – ele sorriu surpreso. 

- Alguma vez já menti para você. – Falou ela enquanto seus lábios se tocavam rapidamente, em um impulso o garoto a colocou sentada encima de uma parte dos destroços parando entre a suas penas. A cada segundo o beijo ficava mais grave mais desesperado, ele passava as mãos nas coxas de Karina as apertando fortemente enquanto a garota gemia de prazer. Um ruído ao longe chamou a atenção do rapaz o fazendo parar, era como se algo tivesse caído no chão ou batido contra alguma coisa. 

- O que foi isso? – perguntou Karina. 

- Eu não sei. 

Indo lentamente em direção ao barulho que agora não existia, nada se escutava novamente. Patrick e Karina continuaram a caminhar parando em frente a uma escada velha que tinha sido quase completamente tapada por grama mostrando para os que ali estavam que não havia sido usada fazia um bom tempo, sem hesitar Patrick desceu primeiro e logo foi seguido por sua namorada, era uma escada sem fim escura com Téa de aranha as cantos, a superfície era fria por causa das paredes de pedra húmidas e presos na parede alguns castiçais com vela velhas derretidas e muitas correntes quebradas. Eles se olharam por alguns segundos, mas logo sorrirá essa era a emoções que eles queriam algo que parecesse real, algo excitante, uma aventura. Ao lado de algumas correntes estava uma enorme e pesada porta de pedra. Patrick imediatamente tentou empurra-la mais sem sucesso, a porta de pedra estava imperada, nunca tinha sido aparentemente aberta. 

- Droga – reclamou limpando suas mãos – me ajuda Karina. 

Karina pensou por um tempo olhando Patrick novamente segurando a porta e se lançou até ele para ajudar, depois de muita força poderão sentir a enorme porta se mover e depois se abrindo sozinha mostrando a escuridão de dentro dela. Nada se via lá dentro apenas uma escuridão sombria e o cheiro de bicho morto que se espalho rapidamente pelo ar deixando o casal enjoado. Ao adentrar o local, iluminando-o apenas com uma lanterna de cor amarelada era mais húmido do que aparentavam nas paredes de pedra poderão ver algumas partes muito arranhadas com pedaços de unhas e pele, o chão era de arreia escura e em toda sua volta havia muitos castiçais sem velas. 

- Vamos sair daqui – pediu Karina agarrada fortemente no braço de Patrick. 

- Ainda não, quero ver o que tem mais lá para dentro – Disse a olhando e continuou a caminhar. Subindo alguns poucos degraus indo mais para a parte de traz da tumba. Onde corpos estavam espalhados pelo chão suas vestimentas eram antigas e estavam cobertas de sangue seco, alguns tinham seus corpos estraçalhados e outro ainda estavam com seus olhos abertos, queimando por dentro cada vez mais ao sentir o sangue pulsando daqueles humanos. Patrick e Karina podendo ver cada olhar contra eles, podendo sentir a dor e o desespero daqueles olhos. Eles estavam com medo, mas não conseguiam falar e nem se mover haviam congelado. Patrick olhou rapidamente para Karina e virou-se para traz dando de cara com uma figura ameaçadora e com presas de fora, seu rosto estava completamente seco e pálido e seus lábios rachados. Em um movimento rápido ela tocou Patrick com violência contra a parede dura de pedra podendo assim sentir cada parte de seu corpo sendo quebrado, ele escorregava pela parede deixando um rastro saboroso de sangue fresco, na mesma velocidade em que estraçalhava o pescoço de Karina que gritava desesperadamente enquanto ainda havia força, mas logo seu corpo caiu em frente aos seus pés com seu sangue completamente drenado. A vampira sentiu a satisfação de anos imediatamente, é então ela pulou o corpo de Karina indo em direção a Patrick que já estava morto o que não tornaria sua caçada muito emocionante. Enquanto o sangue dele escorria por sua garganta ela apertava ferozmente sua mão na parede arrancando pedaços grandes, ela podia sentir sua força voltando podia sentir seu poder e sua superioridade e então se levantou limpando seus lábios com sua língua assim não desperdiçando nenhuma gota do maravilhoso sangue de sua caça. Os olhos dela passavam rapidamente pelo lugar, avaliando os corpos de seus companheiros vampiros no chão que lhe imploravam um pouco de piedade e compaixão. Katherine Pierce a vampira que agora se via alimentada apenas sorriu dando as costas para aqueles que lhe estenderam as mãos. Depois de anos trancada naquela tumba ela apenas fechou seus olhos e parou por um momento, deixando sua mente completamente livre de qualquer pensamento podendo assim sentir a brisa em seu rosto a luz da lua em sua pele branca e seus pés descalços na grama verde e seca. Ela sabia que muitos anos haviam se passado e que nada era como antes, ela tinha novamente se adaptar a um novo século, mas nada lhe importava naquela hora, ela estava livre e com sede de vingança. Katherine sorriu passando as suas mãos pequenas em seu cabelo e segui caminhando pela floresta.

 #To be continued #

Olá melhoras leitoras do mundo.
Desculpem a demora, as aulas começaram !
Bom espero que gostem da nova historia que estou fazendo com muito carinho e com a luz ligada HAHA.
Obrigado pelos comentários, as divulgações e o apoio, amo muito vocês s2 
Comentem muito e me deixem feliz minhas monstrinhos. 

Beijinhos da tia Gaabs ;*


25 comentários:

  1. Amei!
    Sério.. Eu nunca fui de ler historias do genero mais gostei muito, achei bem real e super emocionante! ;)

    Primeiraaaaaaaaaaaa1 \O/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OMG, que bom que gostou sua linda (:
      DALHEEEEEEEEEEEEEEE JÉ !

      Eliminar
  2. você é ótima,cara,como consegue?
    kkkk
    obrigada por divulgar,posta logo,bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AH PARA ~vergonha aqui~ hihi
      qualquer coisa é só pedir viu sua linda,
      beijinhos

      Eliminar
  3. GAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAABS, É A THAYSA!!!!! Lembra de mim, né??

    Eu estou amando a fanfic, está perfeita. Sério, você é de mais. Eu amo essa fanfic.
    posta logo, hein?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bá meu amor, pior que por nome não KK'
      serio, que bom que esta gostando, fico muito feliz... sua lindona

      Eliminar
  4. Heey ! Chegaay o/o/
    Obrigada pelo comentário que deixaste no meu blog :)

    To adorando a fic,eu nunca li nada do gênero,como eu leio e escrevo fanfics de famosos casais ,eu nem dava muita bola,mas este ano comecei a ler umas fics que me impressionaram bastante,e a sua é uma delas!
    Já estou seguindo :)

    À espera do próximo capitulo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que isso amor, disponha.
      que bom que esta gostando fico muito feliz mesmo, nossa muito muito obrigada mesmo.

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Mds, nem vi que você tinha voltado. Que bom que você vai continuar.
    É uma pena que vc tenha perdido sua fic por causa daquela piranha.
    Tenho certeza que essa vai ser melhor ainda.
    To te seguindo. Bjs e posta logo. Ta muito bom.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem me fala ainda tenho raiva só de pensar naquilo KK'.
      espero que goste mesmo sua linda, beijinhos s2

      Eliminar
  6. Heeeey u_u
    Eu amei,realmente é perfeita sua fanfic.Está de parabéns.Ah e já divulguei teu blog ok?(:
    Poste logo
    Beeeeeeijos s2

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Heeeeey ><
      sua linda, obrigado que bom que gostou, obrigado desde já.

      beijinhos s2

      Eliminar
  7. OH GOSH
    xonei no capitulo kkk
    muuuuito perfeito se eles dois tivessem me escutado estariam vivos kkk
    booom posta logoo diva to super curiosa!
    bjoows!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OMG, sua linda
      eu concordo contigo, eu disse... '' não entrem ai seus doidos'' mas não eles não escutam... KKKK'

      beijinhos

      Eliminar
  8. cheguei, desculpa demorar tanto o/
    o capitulo ficou tão perfeito, e bem eu queria agradecer todo o apoio que vc me deu sério vc é muito legal comigo, e apropósito, vc não quer encomendar layout comigo? se quiser da uma olhadinha na minha pagina:
    http://littlelavignerheart.blogspot.com.br/p/blog-page.html
    la tem todos os lays que ja encomendaram e eu fiz o/
    e pode postar que eu to amando a fic!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha Baby,
      que isso meu amor, amigas são para isso, pode ter certeza que sempre foi fazer o possível e o impossível para ajudar e lhe dar apoio. Já amei os Lays hihi, pode deixar que vou pedir uma ... Beijinhos sua linda

      Eliminar
  9. Gostei do capitulo. Avisei a minha irmã (é a Diana (DSP) que tem um blog com terror) que você criou outro blog. Ainda estou para saber quem foi a idiota que hackiou seu blog.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OMG você e sua irmã são divas sabia ! obrigado desde já meu amooor, vamos matar essa pessoa juntas HIHI

      Eliminar
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fique quietinho(a) desgraçado(a), nem sabe o porque de ela ta demorando pra postar e fica comentando merda, vai se lascar.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. meninas, obrigado por me defenderem, amo muito vocês. Mas não se rebaixem a esse nível, são melhores que isso, e essa pessoa não merece.
      Anónimo lava sua boca antes de falar das minha meninas, se quer me xingar tudo bem , mas não ofende elas... me adiciona no Facebook e fale tudo que tiver vontade, eu entendo que ficou brava(o) pela minha demora.

      Eliminar